Costura, História da Moda, Tutorial

Quantos anos tem a sua máquina de costura antiga da Singer?

Se você tem uma máquina de costura antiga em casa, e assim como eu, tinha uma grande curiosidade de saber em que ano ela foi feita, essa postagem é pra você: descubra o ano de fabricação da sua máquina de costura Singer, através da sequência de letras e números que tem nela. E ainda – conhecer um pouco sobre a história e evolução destas nossas grandes companheiras de costura.

A história das máquinas de costura Singer, uma das marcas mais famosas e referenciadas até hoje, datam do ano de 1851, quando o seu fundador, o americano Isaac Merritt Singer revolucionou o mercado com equipamentos mais leves, eficientes e baratos, vendendo para o consumidor final e não somente para indústrias, popularizando a máquina de pedal no mundo todo. Inclusive, existe uma história curiosa, de que Isaac contratou manifestantes femininas para refutar a ideia de que mulheres eram incompetentes para trabalhar em uma máquina. Estas lindas máquinas evoluíram muito em décadas, mas permanecem duradouras e resistentes ao longo do tempo, principalmente os modelos mais antigos, com componentes pesados e peças substituíveis, feitas de ferro e metal, acionada mecanicamente empurrando o pedal para frente e para trás, sendo usadas e preferidas por costureiras e costureiros até hoje.

Então vamos ao que interessa: qual a idade da sua máquina?

Você pode ter um modelo antigo herdado de algum familiar, ou ter encontrado em algum antiquário ou mercado local (que foi o meu caso) ou até mesmo no lixo (já soube de uma história assim), mas não sabe qual a idade exata dela, sendo alguns modelos muito procurados por colecionadores e entusiastas da costura, antiguidades raras.

Para identificar o seu modelo, primeiramente, você deve encontrar o número de série. É uma sequência que pode conter letras e números e você encontra próximo ao botão liga/desliga; no painel frontal; em uma pequena placa ou mesmo embaixo dela, em modelos mais antigos (conforme a minha, na imagem abaixo):

Na minha, eu encontrei o número de série RB288842 embaixo dela.

Após a identificação do número de série, vá até este link para procurar o ano de fabricação, clicando aqui – apenas para modelos da marca Singer. Caso a sua não seja, que tem um extra no final da postagem.

Procure a primeira sequência, a de letras:

Depois os números:

E pronto: você encontrou o ano em que ela foi fabricada!

Pequeno dicionário de inglês – português:
Serial Numbers that start with = número de série que começa com
Number from = número de
Number to = para número de
Year of Manufacture = ano de fabricação

Mas afinal, quem inventou a máquina de costura?

Isaac Singer foi o responsável por popularizar as máquinas de costura domésticas, mas ele não foi o inventor dela. Não há um consenso sobre quem, de fato, inventou a primeira máquina de costura, pois ela foi sendo melhorada em sua eficiência e produtividade. Sabe-se que durante a primeira Revolução Industrial elas foram inventadas para diminuir a quantidade de trabalho manual da costura e por isso na linha do tempo é possível vermos tantos “inventores”. Cada um aperfeiçoou a técnica do seu jeito. Durante boa parte da vida da máquina de costura houve fabricação de tamanho versátil montadas em uma base em madeira e que tinham propulsão manual através de uma manivela, antecessora da máquina de pedal. O conceito da máquina de costura existe desde 1755, mas eram máquinas pesadas, caras e difíceis de operar. Apenas em 1830, quando o alfaiate francês Barthélemy Thimmonier resolveu aperfeiçoar a tecnologia já existente e patenteá-la, é que as máquinas de costura se tornaram verdadeiramente práticas, e por isso ele é frequentemente associado sendo como o inventor da máquina de costura.

Abaixo, fiz uma breve linha do tempo sobre invenções e evoluções das máquinas de costura:

  • Fonte: Fiddlebase

    1755 – O alemão Charles Fredrick Weisenthal, foi o primeiro patenteador que inventou um aparelho munido de uma agulha com duas pontas contendo um orifício no centro, porém sem êxito com sua invenção, ficou um pouco esquecido na história, pois não se sabe muito bem como funcionava.

  • 1790 – Thomas Saint, um inventor inglês, apresentou uma máquina de costura propriamente dita, projetada para costurar couro e lona, utilizada para pespontar sapatos.

  • 1814 – Josef Madersperger, era um alfaiate austríaco e foi outro reconhecido inventor das máquinas de costura, introduzindo o primeiro modelo de ponto corrente. 

  • 1830 – O francês Barthelemy Thimonnier foi quem aperfeiçoou, patenteou e trouxe maior praticidade e funcionalidade às máquinas, mas enfrentou oposições e ameaças de operários de fábricas, que tinham medo de perder seus trabalhos e se recusaram a usar os maquinários. Há relatos que os alfaiates atearam fogo em protesto às máquinas e o francês Barthelemy morreu na pobreza.

  • 1832-1833 – O americano Walter Hunt, em Nova York, construiu a primeira máquina de costura americana de ponto fixo, a usar dois fios e uma laçadeira, mas não a patenteou.

  • 1846 – Mas foi o americano Elias Howe que melhorou e patenteou a máquina de costura americana, em Massachusetts, EUA, criando o sistema de pesponto duplo, o processo de costura entrelaçada, utilizando uma agulha com um buraco na parte de baixo. Mas teve fracasso de vendas devido ao alto preço.

  • 1851 – Isaac Merritt Singer inventou a primeira máquina de costura com um braço suspenso, possibilitando costurar qualquer parte da peça.

  • Fonte: Fiddlebase

    1853 – William Thomas foi o inglês que adaptou a máquina de Howe – quem vendeu a patente para ele – para costurar materiais mais rígidos, além de roupas.

  • 1858 – a Singer abre a primeira loja no Brasil, na rua do Ouvidor, 117. Segundo Monteleone (2012), a condessa de Barral, atenta às novidades estrangeiras, ao que tudo indica, importou em 1854 uma das primeiras máquinas de costura para o Brasil. Usava-a em sua fazenda na Bahia e emprestava para as amigas aprenderem a “costurar à máquina”.

  • 1860 – Mais de 110.000 máquinas de costura foram vendidas apenas nos EUA, o que fez inventores milionários.

  • 1862 – O alemão Georg Michael Pfaff constrói sua máquina de costura e funda a GM Pfaff. Em 1999 a Pfaff foi comprada pela Husqvarna Viking. Em 2006, a empresa de ações americanas Kohlberg & Company, proprietária da Singer, adquiriu o grupo sueco VSM que são os proprietários da Husqvarna Viking e da PFAFF, criando assim a SVP Worldwide. Hoje ainda as máquinas Pfaff são produzidas e comercializadas agregado a Singer.

  • Fonte da imagem

    1889 – Máquinas de costura elétricas foram introduzidas pela Singer.

  • 1905 – A máquina de costura elétrica era amplamente utilizada.

  • 1928 – 1936 – Surgimento das máquinas de costura da marca japonesa Brother. Em 1928, a máquina de costura com ponto cadeia, para fabricação de chapéus de palha e em 1936, a primeira máquina de costura em ponto fixo.

Este assunto sobre a história da máquina de costura me fascina imensamente e pretendo deixar em aberto esta postagem para modificações, de acordo com mais estudos e pesquisas.

EXTRAS:
Para saber o ano de fabricação dos modelos PFAFF: clique aqui.

E você: conhece algum outro dado a mais? Conseguiu descobrir quantos anos tem a sua máquina? Deixe seus comentários aqui que eu vou adorar saber!

Um beijo, Carol.

Fontes: Contrado, Fiddlebase, Singer, SewingIsCool, PFAFF
MONTELEONE, J. A história das máquinas de costura: um anúncio brasileiro vende uma máquina de costura americana. SP: USP, 2012. Disponível em: <https://docplayer.com.br/13385204-A-historia-das-maquinas-de-costura-um-anuncio-brasileiro-vende-uma-maquina-de-costura-americana-por-joana-monteleone-1.html&gt;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.